Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela SPGM.Saiba mais

Compreendi
LINHA APOIO ECONOMIA COVID-19 MEDIAS EMPRESAS SMALL MID CAP
Linha de Apoio a Economia COVID 19 micro e pequenas empresas SPGM
Linha Apoiar Madeira 2020 SPGM
Linha de Apoio ao Sector Social COVID-19 SPGM
Linha FIS CREDITO SPGM Garantia Mutua
SPGM COVID-19 Apoio às Empresas dos Açores
SPGMSPGM

Notícias

COVID-19: Empresas dos Açores com acesso a uma linha de crédito adicional de 150 milhões de euros

2020-06-04
Linha Específica COVID-19 Apoio às Empresas dos Açores

As empresas da Região Autónoma dos Açores, que ainda não tenham conseguido aceder às anteriores linhas de crédito, criadas para o apoio à economia no âmbito da pandemia resultante do novo coronavírus, passam a ter disponível uma Linha Específica COVID-19 destinada a apoiar o reforço de tesouraria e do fundo de maneio.

Com uma dotação global de 150 milhões de euros, a Linha Específica COVID-19 Apoio às Empresas dos Açores foi criada pelo Governo Regional dos Açores, em parceria com a SPGM, o Sistema de Garantia Mútua e os Bancos e à semelhança das restantes linhas de crédito já existentes, criadas para atenuar os impactos sociais e económicos da pandemia da covid-19, tem uma garantia do Estado, emitida pelo Sistema de Garantia Mútua até 90% do financiamento bancário.

Dos 150 milhões de euros disponibilizados na linha específica para os Açores, 100 milhões de euros são destinados às micro e pequenas empresas e os restantes 50 milhões de euros às médias empresas e Small Mid Caps.

As microempresas terão acesso a um montante até 50 mil euros, as pequenas até 250 mil, as médias até 500 mil e as grandes até 750 mil, podendo o financiamento ir até seis anos, com um período de carência até 18 meses.

À taxa de juro, que poderá ser fixa ou variável, acresce um spread bancário a variar tendo em conta a maturidade do empréstimo, sendo que, para um financiamento por seis anos, o spread será no máximo de 1,5%.

A garantia de estado, prestada pelas Sociedades de Garantia Mútua, reduz substancialmente o risco de financiamento pela banca contribuindo para a concessão de crédito e em melhores condições, alargando substancialmente as possibilidades de aprovação de crédito e assim garantir liquidez às empresas regionais, de forma simples, desburocratizada e imediata.

As candidaturas a esta linha específica devem ser apresentadas junto de qualquer instituição bancária aderente.

Ver todas as noticias