Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela SPGM.Saiba mais

Compreendi
Capitalizar Turismo
eficiência energética SPGMLinha de Crédito para Eficiência Energética
Crédito para estudantes ensino superior
SPGMSPGM

Notícias

Disponível nova Linha de Crédito para Estudantes do Ensino Superior com Garantia Mútua

2019-01-14
Disponível nova Linha de Crédito para Estudantes do Ensino Superior com Garantia Mútua

O Programa Operacional Capital Humano (POCH) e a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P, disponibilizaram em parceria com o Sistema Português de Garantia Mútua – SPGM, Garval, Lisgarante e Norgarante - e o sistema bancário, uma nova Linha de Crédito para Estudantes do Ensino Superior com Garantia Mútua, para o ano letivo 2018/2019 e seguintes, até ao final de 2023, destinada a apoiar a promoção do acesso ao ensino superior, melhorando os níveis de frequência e conclusão dos cursos superiores, com vista a aumentar os níveis de participação e de habilitações.

Ao abrigo desta nova Linha, celebrada até ao momento com o Millenium BCP, o Banco poderá contratar empréstimos com estudantes do ensino superior Público e Privado do Ensino Universitário e Politécnico, tendo em vista financiar os seus cursos de Licenciatura, Mestrado, Doutoramento ou cursos de especialização tecnológica, em Portugal. Encontra-se também, em formalização a disponibilização da Linha junto de outras instituições de crédito.

Para poderem beneficiar da Linha, entre outras condições, os estudantes tem de assumir o compromisso de prossecução e aproveitamento do curso durante a vigência do contrato de financiamento. No caso dos estudantes desfavorecidos, com bolsas atribuídas a título de subvenção, é possível ao abrigo desta linha, financiarem despesas complementares.

Os empréstimos podem ter montantes de € 1.000 a € 5.000, por ano de curso, considerando a conclusão do curso sem reprovação, com um máximo de € 30.000, para os cursos de 6 anos.

prazo de disponibilização do capital é de 1 a 6 anos, não podendo ser superior à duração ou ao tempo em falta para o final do curso. O período de carência de capital será durante todo o período de utilização do crédito acrescido de até 2 anos, a definir entre o EES e o Banco, sendo que durante este período haverá apenas pagamento de juros. O prazo de reembolso ou amortização de capital varia entre 6 a 10 anos, sendo negociado entre o estudante (EES) e o Banco e fixado tendencialmente pelo dobro da duração do curso.

Os pedidos de financiamento são objeto de decisão por parte do Banco tendo em consideração a sua política de risco de crédito em vigor, que comunicará à SPGM, entidade gestora da linha, a contratação da operação. Em caso de incumprimento do contrato de financiamento e acionamento da garantia prestada pelo Sistema Português de Garantia Mútua, o Banco assegurará junto do Estudante a recuperação integral do crédito.

Para saber mais, fale connosco.

Ver todas as noticias